sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

"Igual a tudo na vida"


E tudo que era certo
E tudo que parecia concreto
Começa a perder o chão
Começa parecer em vão

Quando a gente sente falta do que não é pra sentir
Quando a gente sente o que não é pra sentir
Quando não há como resistir

E tudo perde o sentido
E tudo tem um simples motivo
Ele não sente o que eu sinto
E eu... absinto

(por Aneshka)

Nenhum comentário: