quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Zero *Smashing Pumpkins*




Meu reflexo, espelho sujo

Não se conecta comigo

Sou o seu amante, sou o seu zero

Sou a face nos seus sonhos de vidro

Portanto poupe suas preces

pra quando realmente precisarmos

Jogue fora sua cautela e vôe

Quer dar uma voltinha?



Ela foi feita pra mim

Ela é tudo que eu preciso

Porque ela foi feita pra mim

Estar vazio é solidão e estar só é estar puro

E a pureza é algo de Deus, e Deus é vazio igualzinho a mim

Intoxicado com a loucura, estou apaixonado pela minha tristeza

Dissimulados de merda, reinos encantados

As vítimas dos modismos alardeiam seus dentes de carvão

Nunca revelarei, que estava num navio submergindo

Nunca revelarei que estava deprimido

Você culpa si mesmo, pelo o que não consegues ignorar

Você culpa a si mesmo, por querer mais

Ela foi feita pra mim

Ela é tudo que eu preciso

Ela foi feita pra mim

Ela é minha única e eterna

domingo, 27 de dezembro de 2009

A mulher moderna




Arnaldo Jabor que me perdoe.

Trecho extraído de uma de suas crônicas.
"- Nunca deixe uma "mulher moderna" insegura. Antigamente elas choravam. Hoje, elas simplesmente traem, sem dó nem piedade.

- Não ache que ela tem poderes "adivinhatórios". Ela tem de saber - da sua boca - o quanto você gosta dela. Qualquer dúvida neste sentido poderá levar às conseqüências expostas acima.

- Não ache que é normal sair com os amigos (seja pra beber, pra jogar futebol...) mais do que duas vezes por semana, três vezes então é assinar atestado de "chifrudo". As "mulheres modernas" dificilmente andam implicando com isso, entretanto elas são categoricamente "cheias de amor pra dar" e precisam da "presença masculina". Se não for a sua meu amigo... bem...

- Quando disser que vai ligar, ligue, senão o risco dela ligar pra aquele ex bom de cama é grandessíssimo.

- Satisfaça-a sexualmente. Mas não finja satisfazê-la. As "mulheres modernas" têm um pique absurdo com relação ao sexo e, principalmente dos 20 aos 38 anos, elas pensam em - e querem - fazer sexo todos os dias (pasmem, mas é a pura verdade)...bom, nem precisa dizer que se não for com você...

- Lhe dê atenção. Mas principalmente faça com que ela perceba isso. Garanhões mau (ou bem) intencionados sempre existem, e estes quando querem são peritos em levar uma mulher às nuvens. Então, leve-a você, afinal, ela é sua ou não é????

Nem pense em provocar "ciuminhos" vãos. Como pude constatar, mulher insegura é uma máquina colocadora de chifres.

- Em hipótese alguma deixe-a desconfiar do fato de você estar saindo com outra. Essa mera suposição da parte delas dá ensejo ao um "chifre" tão estrondoso que quando você acordar, meu amigo, já existirá alguém MUITO MAIS "comedor" do que você...só que o prato principal, bem...dessa vez é a SUA mulher.

Sabe aquele bonitão que, você sabe, sairia com a sua mulher a qualquer hora. Bem... de repente a recíproca também pode ser verdadeira. Basta ela, só por um segundo, achar que você merece...Quando você reparar... já foi.

- Tente estar menos "cansado". A "mulher moderna" também trabalhou o dia inteiro e, provavelmente, ainda tem fôlego para - como diziam os homens de antigamente - "dar uma", para depois, virar pro lado e simplesmente dormir.

- Volte a fazer coisas do começo da relação. Se quando começaram a sair viviam se cruzando em "baladas", "se pegando" em lugares inusitados, trocavam e-mails ou telefonemas picantes, a chance dela gostar disso é muito grande, e a de sentir falta disso então é imensa. A "mulher moderna" não pode sentir falta dessas coisas...senão...

Bem amigos, aplica-se, finalmente, o tão famoso jargão "quem não dá assistência, abre concorrência".

Deste modo, se você está ao lado de uma mulher de quem realmente gosta e tem plena consciência de que, atualmente o mercado não está pra peixe (falemos de qualidade), pense bem antes de dar alguma dessas "mancadas"... proteja-a, ame-a, e, principalmente, faça-a saber disso.

Ela vai pensar milhões de vezes antes de dar bola pra aquele "bonitão" que vive enchendo-a de olhares... e vai continuar, sem dúvidas, olhando só pra você! "
(Arnaldo Jabor)




Infelizmente esse tipo de coisa é verdade, e muito mais corriqueiro do que se imagina... só que isso reduz as mulheres à simples criaturas sugadoras e vingativas... se elas não têm o que querem pegam e ferram com a vida do parceiro.
As coisas não funcionam na base da exigência e de dar o troco; lógico que tem que haver uma troca (troco não é troca!), uma simbiose, que encaminhe o relacionamento para um equilíbrio.
Pra que tudo isso aconteça, é necessário tempo, paciência, dedicação...
E eu me pergunto: onde está o amor e o respeito nisso tudo?

Isso definitivamente não é ser uma mulher moderna.
(Aneshka)