sábado, 22 de agosto de 2009

Por uma vida inteira...


E de onde vem o olhar?
De tanta paz...
Que diz o que não sabe dizer...
Que expressa o que não consegue entender...
Por entre acordes e tristezas
Segredos revelados
A pele alva de uma dama
Sonhos febris têm te provocado
Violões e cintas-ligas
Beijos cálidos nas despedidas.

*Por Aneshka*

Nenhum comentário: