terça-feira, 6 de julho de 2010

Julia



Eu não te amo.
Eu não me apaixono.
Sempre tive medo da rotina.
Compromissos, hora pra comer.
Hora pra tudo.
Eu odeio cerimônias.
Eu não quero ficar presa a nada.
Você pode imaginar uma vida assim?
Marido, esposa, uma casa.
Dois pirralhos gritando e um trabalho miserável.
Televisão.
Amigos pra jantar todos os sábados.
Sexo em dias determinados, quando as crianças estão dormindo.
Deve ser terrível...
Ou absolutamente maravilhoso.

(Just Another Love Story)

Nenhum comentário: