quinta-feira, 8 de abril de 2010




Minhas delicadas mãos tocam tua pele alva
Minha cabeça repousa no teu peito
Teu coração dispara
Me enfeitiça como tambores em torno de uma fogueira
Teu calor me acolhe
Teu cheiro me envenena
E eu quero ser hipnotizada pelos teus olhos
Que tanto querem dizer que me desejam
Eu adormeço no sono eterno
Porque nos teus braços
Eu estou em paz

(Por Aneshka)

Nenhum comentário: